Vou-me casar, por onde começo?

Jeremy Wong Weddings

PÂNICO! Vai-se casar e não sabe o que fazer? Respire fundo. A parte mais difícil, presumo, já passou: encontrou uma pessoa de quem gosta, com quem pode partilhar o melhor e o pior de si, e com quem quer passar o resto da sua vida. Nada pode correr mal! Se está perdido com os preparativos para o casamento, comece a fazer uma lista de desejos (wishlist) para começar a procurar alternativas e pedir orçamentos. Por enquanto, deixo-vos aqui algumas dicas… e felicidades aos noivos!

Como iniciar o processo de casamento

Pensava que era só aparecer na igreja ou no notário? Para se casar, precisa de iniciar um processo de casamento numa conservatória. Preparem os vossos documentos de identificação, decidam a modalidade de casamento (civil/ religioso/ religioso e civil), o regime de bens, a data e o local. Sim, têm logo de decidir uma data e local! 

Encontrar o espaço

Como têm de indicar logo o local ao iniciar o processo, uma das primeiras coisas que têm de fazer é procurar um espaço para o evento. Podem casar-se numa conservatória (com um número limitado de testemunhas, especialmente durante a pandemia de COVID-19), ou num local à vossa escolha, onde terá de se deslocar o notário. Se querem encontrar um local o mais breve possível, podem usar a Fixando para procurar locais de eventos na vossa cidade.

Lista de convidados

Como estão à procura de um local, convém terem uma noção de quais pessoas querem convidar para estar ao vosso lado no grande dia. Claro que pode haver sempre algum convidado de última hora ou alguém que falta, mas é importante saberem quantos comensais se sentarão à mesa, especialmente agora que é preciso ter em consideração a distância social e que os espaços têm todos uma lotação mais limitada. Se estão a pensar convidar poucas pessoas, aqui ficam algumas ideias para um casamento pequeno e íntimo

O vestido & o fato

Porque é que são das primeiras coisas que tem de procurar? Porque pode procurar meses até encontrar “aquele” vestido de noiva, ao que deve juntar o tempo necessário para fazer os arranjos que o vão ajustar na perfeição ao seu corpo! Com os fatos acontece a mesma coisa, já que quase todos terão de ser ajustados à medida por um alfaiate nas calças e nas mangas. 

Como fazer um casamento e manter em segurança todos os convidados?

Nathan Dumlao


Organizar um casamento em tempos de COVID-19 não é um trabalho fácil. Mas se mudar a data do casamento está fora de questão, aqui estão 3 dicas para organizar o seu casamento e manter todos os convidados em segurança.

Reduzir a lista de convidados ao mínimo. 

O primeiro passo é reduzir a lista de convidados ao mínimo. Convidem apenas as pessoas de quem não podem prescindir neste dia tão especial. Um casamento pequeno e íntimo pode ser ainda mais romântico e elegante do que uma festa com pompa e circunstância. Actualmente, a recomendação da DGS é não exceder os 20 convidados. No caso dos concelhos com contingências especiais sobre aglomerações, o número pode ser ainda mais reduzido. 

Escolher bem o local para eventos.

Lembre-se que os convidados devem estar a pelo menos 2 metros uns dos outros, o que significa que tem de escolher um local espaçoso e arejado. Procure quintas com espaço ao livre ou salas de eventos com capacidade muito acima do que necessita para se assegurar que todos podem estar confortáveis a comer, a conviver e a dançar. Além disso, espalhe desinfectante de mãos pelo recinto, ofereça máscaras temáticas aos convidados e tenha uma zona de descontaminação à entrada para deixarem os casacos, trocarem de sapatos ou desinfectarem os telemóveis. 

Rastrear os convidados depois do evento.

Uma das melhores formas de evitar o aumento de casos de COVID-19 é rastrear as cadeias de transmissão e pará-las. Depois de estarem no evento, os seus convidados devem ficar atentos a quaisquer sintomas. Se algum testar positivo para COVID-19 até 15 dias depois, avise todos os outros convidados para fazreem o teste. 

Ideias para um casamento pequeno e íntimo 

A boa notícia é que não tem de adiar o seu casamento. A má notícia é que a DGS não recomenda eventos, como casamentos ou baptizados, com mais de 20 pessoas. Isso significa que o seu casamento tem de ser pequeno e íntimo, apenas com a família e os amigos mais próximos. Mas veja isto como uma oportunidade: não só pode acabar por poupar no seu casamento, como pode tornar a cerimónia ainda mais especial. (Já para não falar que não tem de convidar ninguém só por cortesia!)

Catering & Bolo

O catering é, provavelmente, o serviço em que mais vai poupar. E porque não aproveitar para ajudar os restaurantes e bares locais, que estiveram encerrados durante meses? Se tem realmente poucos convidados, procure um catering ao domicílio ou encomende um manjar de um restaurante de que todos gostam. Quanto ao bolo e às sobremesas, faça uma pesquisa idêntica mas apenas para bolos de casamentos (mas lembre-se que talvez não precise de um bolo de três andares!).

Pense fora da caixa: encontre um sítio diferente

Com 20 convidados, provavelmente não vale a pena alugar uma quinta ou salão para fazer a cerimónia. Se calhar, até pode optar por fazer o casamento em casa ou alugar só o espaço de um restaurante. Mas isso não significa que as fotos de casamento têm de ser só no registo civil! Fale com um fotógrafo de casamentos na sua zona e tente encontrar espaços ao ar-livre onde possa fotografar à vontade e mantendo a distância de segurança!

Uma decoração mais romântica

Se vai ter um casamento mais íntimo, também pode optar por uma decoração mais romântica. Arranjos florais, luzes mais quentes, um pequeno toldo (no caso de casar num jardim) ou um casamento na praia… Não faltam ideias para tornar o seu grande dia tão inesquecível como sempre quis! Se não sabe como concretizar todas as suas ideias, contrate um wedding planner para tratar de tudo isto por si.

Vai adiar o seu casamento por causa do COVID-19? Como poupar no seu casamento

Se vai adiou o seu casamento por causa do COVID-19, é natural que se sinta frustrada com toda a situação. Mas pense no lado positivo: com mais tempo para procurar fornecedores, pode finalmente conseguir aquela quinta com que tanto sonhou ou poupar dinheiro em alguns orçamentos. Deixamos aqui algumas dicas para organizar um casamento mais barato!

Aulas de Caligrafia

Aulas de… caligrafia? Estaremos loucos? Não. Pense bem: os convites são imprescindíveis, mas são um serviço em que pode poupar bastante dinheiro. Com algumas aulas de caligrafia, pode fazer convites escritos à mão e mais personalizados ou escrever o nome dos convidados nas suas respectivas cadeiras. E o melhor é que pode começar a ter aulas de caligrafia online, mantendo a distância social. 

Formação em Arranjos Florais

Outra das maneiras de poupar no seu casamento é aprender a fazer arranjos florais. As flores são sempre um serviço caro: estamos a falar do ramo, dos arranjos de mesa e no caminho até ao altar. Mas se aprender a fazer arranjos florais até pode ir apanhar flores silvestres para fazer os arranjos de centro: sempre a poupar! 

Aulas de Maquilhagem

Outra maneira de poupar no seu casamento é dispensar os serviços de uma maquilhadora e maquilhar-se a si mesma. Com algumas aulas de maquilhagem pode aprender a fazer a maquilhagem que mais favorece a sua casa: e a quarentena é uma excelente altura para experimentar novos produtos e novas cores! Além disso, quem sabe se as aulas de maquilhagem não a podem ajudar a fazer uma transformação profissional?

Vai mudar a data do seu casamento? Veja aqui como reorganizar o seu casamento depois do COVID

man in black suit jacket holding woman in white wedding dress
Photo by cottonbro on Pexels.com

Se teve de cancelar o seu casamento devido ao COVID-19, agora tem de procurar uma nova data para o casamento e reorganizar todo o evento. O mais seguro é agendar já para 2021 – e prevenir uma segunda vaga no Outono – mas não vale a pena desesperar. Aqui deixamos algumas dicas para aproveitar o trabalho que já estava feito e poupar algum dinheiro! 

Não refaça os convites. Se já tinha os convites imprimidos e enviados, este é um dinheiro que nunca mais vai recuperar. Mas não vale a pena imprimir os convites de novo, até porque ninguém sabe como é que o resto do ano se vai desenrolar. Opte por um “save the date” digital e envie os novos convites por email. No máximo, procure alguém que possa fazer um design mais “caprichado” para os convites de casamento.

Serviço de catering para casamentos. Os restaurantes já estão em funcionamento, mas com uma capacidade limitada e sem buffets, para bem da segurança de todos. Se o seu catering de casamento consistia num buffer – ou, pelo menos, se incluía um buffet de entradas e sobremesas – terá de desistir dessa ideia e encontrar um menu fixo para toda a refeição. 

As flores e o ramo de casamento. Aqui, tudo depende do seu novo plano. Um caminho de flores até ao altar não faz tanto sentido se fizer um cerimónia mais pequena só em casal, por exemplo. As flores que escolheu para o ramo também podem mudar se passar o casamento da Primavera para o Inverno, especialmente se fizer questão de usar flores silvestres. Procure uma florista para casamentos para saber que tipo de arranjos poderá fazer na nova data. 

Apesar de ter de fazer alterações ao seu plano, há muitas coisas que podem ficar igual. O fotógrafo de casamento, o bolo e a decoração só precisam de mudar de data. 

Preparação mental para um casamento

A preparação mental para um casamento em 2020 é algo muito diferente daquilo por que passaram a maior parte dos nossos pais e avós. Nos dias que correm, a maior parte dos casais já vive na mesma casa antes de casar, já tem uma conta bancária em comum, já falaram de crianças, e, por último mas não menos importante, já discutiram em profundidade o casamento. 

Se há umas décadas atrás, quando a questão religiosa era mais determinante, as pessoas namoravam uma ou duas vezes antes de conhecer “aquele/a com que iam ficar para o resto da vida”, hoje em dia o número médio de namoros não cabem numa só mão. Para chegar à fase de casamento, o seu parceiro ou parceira passou por uma corrida de obstáculo em que fez frente a vários concorrentes e venceu.

Tudo isto para dizer que, em princípio, a questão da compatibilidade já foi apurada e você já sabe que o casamento tem pés para andar. Por outras palavras, não há aqui surpresas para ninguém! O século XXI é pragmático e que ninguém se esqueça disso!

No entanto, isto não significa que não haja uma preparação mental importante. As frases “sou casada/o”, “este é o meu marido” ou “esta é a minha esposa” ainda têm muito peso e influência na sociedade. Estas frases mudam a forma como a sociedade vê as pessoas e também a forma como as pessoas se vêem a elas próprias. 

A pessoa que escolhe para casar acaba por ser uma reflexão da pessoa que é, dos seus próprios valores e interesses. Por isso, antes de se casar, questione profundamente se a pessoa que está a escolher para chamar “marido” ou “esposa” é alguém de quem se orgulha e que reflete os seus valores. A partir do momento em que disser “sim” ou assinar o seu nome, serão uma unidade e terá de passar a dizer “nós” em vez de “eu”. Está preparado/a para tal?

A importância de marcar fotógrafo com antecedência

Chegou o grande dia! Está tudo a postos para o seu casamento… o vestido, a tiara, a decoração da quinta, o bolo de noiva. É um dos dias mais felizes da vossa vida e tudo corre como planeado! Que bom será rever as fotos e os vídeos anos mais tarde, já com os filhos e com os netos. Só que, para cumprir essa fantasia, tem de contratar um fotógrafo profissional com alguma antecedência. Caso contrário, arrisca-se a ficar apenas com fotos desfocadas, noivos descentrados e muitos, muitos pormenores por captar.

Datas Concorridas 

É sabido que a Primavera e o Verão são as épocas que a maioria dos casais escolhe para o seu grande dia. Os dias são mais longos, o tempo é mais convidativo e, geralmente, é mais fácil reunir a família que vem dos quatro cantos do Mundo. Depois há alguns dias – que coincidem com a festa de Sto. António a 13 de Junho – que serão sempre muito procurados por quem celebra um casamento religioso. A maioria das quintas, serviços de catering, DJs e fotógrafos têm trabalhos marcados para estas datas com meses de antecedência. Por isso, se vocês também estão a pensar casar nesta altura, é melhor apressarem-se a procurar um fotógrafo profissional.

Conhecer o fotógrafo

O trabalho do fotógrafo exige mais à-vontade com o casal do que, digamos, o catering. O fotógrafo tem a responsabilidade de captar os primeiros momentos do casal depois da cerimónia e de fazer com que esse romantismo trespasse para a lente. Por isso é recomendável conhecer o fotógrafo algum tempo antes do grande dia e, talvez, até fazer uma sessão de fotos pré-casamento. Isto permite-vos não só conhecer o trabalho do fotógrafo e perceber se é o profissional indicado para vocês, como também estar mais relaxados para as fotos na hora certa. 

Se não sabem por onde começar, façam o que o instinto já vos deve estar a dizer: procurem online. Cliquem aqui se estiverem à procura de fotógrafos em Lisboa ou fotógrafos no Porto para obterem um orçamento gratuito! 

Curso de Maquilhagem 

attractive beautiful beautiful girl beauty
Photo by Pixabay on Pexels.com

Se está à procura de uma nova oportunidade de emprego ou de mudar de vida, pondere fazer uma requalificação profissional. Isto é, procure formação específica que lhe permita exercer outra profissão e mudar de carreira, algo que pode ser determinante para obter maior realização pessoal e profissional. É certo que por vezes isto exige um grande investimento em formação, mas há profissões em que é mais fácil. Se quer tornar-se maquilhadora ou manicure, invista num curso de maquilhagem profissional ou de manicure.

Porquê tirar um Curso de Maquilhagem?

É sempre bom aprender algo que é uma “skill” – ou seja, algo que pode aplicar em qualquer parte do mundo, mesmo que não domine a técnica. Aquilo que souber fazer vale por si. No caso da maquilhagem, lembre-se que há inúmeras ocasiões em que este tipo de profissões tem procura, nomeadamente em maquilhagem para eventos, maquilhagem para casamentos, maquilhagem para sessões profissionais de fotos, para bailes de finalistas, baptizados, festas, etc. 

No website da Fixando há bastantes profissionais registados para maquilhagem para eventos em Lisboa e maquilhagem para eventos no Porto o que, segundo a lei da Procura e da Oferta, também corresponderá às necessidades do público. Se tem dúvidas, pense na quantidade de vezes que já teve de recorrer a uma maquilhadora profissional para mostrar o melhor de si. Sem dúvida que as maquilhadoras têm o poder de nos mudar! 

Por outro lado, lembre-se que um curso profissional de maquilhagem pode concluir-se em poucos meses, se feito de forma intensiva. Isto permite mudar de carreira (e de vida) em pouco tempo e com um investimento relativamente baixo. O mesmo acontece com alguns cursos mais específicos na área de estética, como o curso profissional de manicure, pedicure, unhas de gel e esteticista. Não tenha medo de mudar, lute pelos seus sonhos!

 

Maquilhagem para festas académicas

As colocações para a Universidade acabaram de sair e hoje tenho uma mensagem para ti, que vais começar esta nova fase da tua vida. E porquê? Porque, com as festas académicas, vais abrir outro capítulo na maquilhagem para eventos

As festas académicas são uma ocasião em que podes ir “all out” com a tua maquilhagem. Podes usar aquela cor mais chamativa que não tens coragem de levar para as aulas, ser mais sexy do que o habitual ou usar as cores mais vibrantes que gritam “festa” e guardaste precisamente para uma ocasião como esta. Vermelho, azul, laranja, roxo, glitter… não há limites no que diz respeito às cores.

Image result for maquilhagem olhos glitter

Aliás, uma festa académica é uma excelente ocasião para experimentares tintas de cabelo temporárias. Se estás a pensar pintar o cabelo de uma cor de fantasia (isto é, uma cor fora do espectro castanho-loiro) é uma boa forma de te começares a imaginar com outro cabelo e testar o teu novo look. Afinal de contas, a universidade é mesmo uma altura em que podes explorar, arriscar e experimentar.

Image result for crazy colorful hair ideas

 

Isso sim, lembra-te que demasiada cor pode ser “too much”. É uma festa académica e não o Carnaval de Ovar! Se queres uma maquilhagem e um cabelo muito coloridos, o melhor é escolher uma roupa escura ou com apenas duas cores. Definitivamente, o segredo está em criar contraste e ter uma palete de cores.  

Pelo contrário, se gostas de roupa muito colorida, não te recomendo usar maquilhagem muito colorida. Nesse caso, deves apostar por uma maquilhagem mais neutra. O que não significa que não possas arriscar! Podes fazer um risco grosso nos olhos, por exemplo, usar maquilhagem branca ou prateada, e divertir-te com esses tons neutros.

Mas se estás excessivamente nervosa com a tua primeira festa académica, podes pedir alguns conselhos ou pedir a ajuda às tuas melhores amigas. De certeza que, no fim, vão acabar por se divertir! Ou, se nenhuma de vocês tem muito jeito para se maquilhar, podem “fazer uma vaquinha” e contratar uma maquilhadora para eventos em Lisboa, procurar maquilhagem para eventos no Porto ou em qualquer outra cidade universitária! Espero que aproveitem ao máximo estes anos de faculdade!

Maquilhagem & Penteados para Festas de Verão

Um cocktail de fim de tarde, uma festa de praia, um casamento… todas as desculpas são boas para organizar uma praia no Verão. Mas para ir perfeita para essas festas, não basta uma roupa bonita. A maquilhagem e o penteado também influenciam muito todo o look. 

Maquilhagem para Cerimónias

Para uma festa formal, não é preciso uma maquilhagem forte. Pelo contrário, deve apostar por uma maquilhagem leve e subtil, especialmente se a cerimónia for durante a manhã ou ao início da tarde. Os nudes, o rosa, o laranja tangerina e o pêssego são as grandes tendências para casamentos ao início do dia, baptizados, baby showers, etc. 

Nos casamentos à tarde, tal como nos cocktails, já pode usar cores um pouco mais garridas, como roxos, ocres e castanhos. A maquilhagem para eventos deve ser feita pouco antes da cerimónia e com produtos que durem até ao fim do dia.

Evite maquilhagem de tons escuros, olhos esfumados ou pestanas muito exageradas – reserve esse tipo de maquilhagem para eventos nocturnos, como concertos ou eventos em discotecas. Também pode optar por esse tipo de maquilhagem em eventos pouco formais, como despedidas de solteira.

 

Penteado para Cerimónias

Ao contrário do que acontece com a maquilhagem, o penteado pode ser feito no dia anterior. Embora o ideal seja, claro, encontrar cabeleireiros e maquilhadores que possam fazer ambas as coisas no próprio dia. Não há uma regra para os penteados mais indicados para cerimónias – tudo depende do seu tipo de rosto, da toilette e dos acessórios que escolher (brincos grandes, por exemplo, ficam bem com o cabelo apanhado, etc). 

Os cabelo presos ficam bem com decotes grandes e são confortáveis para os dias quentes. Para quem tem cabelos rebeldes ou muito encaracolados, também pode ser uma forma de controlar o cabelo durante todo o dia. Os penteados com trança também são permitidos nesta altura do ano, mesmo em eventos mais formais. 

Quem tem o cabelo curto pode dar alguma sofisticação ao penteado ao usar adereços – plumas, fitas para o cabelo, ganchos. Outra opção são os caracóis e as ondulações estilo anos 20, que dão um ar retro mas sempre sofisticado. Finalmente, se quiser arriscar, pode pintar o cabelo de outra cor, ainda que seja temporariamente.