Vai mudar a data do seu casamento? Veja aqui como reorganizar o seu casamento depois do COVID

man in black suit jacket holding woman in white wedding dress
Photo by cottonbro on Pexels.com

Se teve de cancelar o seu casamento devido ao COVID-19, agora tem de procurar uma nova data para o casamento e reorganizar todo o evento. O mais seguro é agendar já para 2021 – e prevenir uma segunda vaga no Outono – mas não vale a pena desesperar. Aqui deixamos algumas dicas para aproveitar o trabalho que já estava feito e poupar algum dinheiro! 

Não refaça os convites. Se já tinha os convites imprimidos e enviados, este é um dinheiro que nunca mais vai recuperar. Mas não vale a pena imprimir os convites de novo, até porque ninguém sabe como é que o resto do ano se vai desenrolar. Opte por um “save the date” digital e envie os novos convites por email. No máximo, procure alguém que possa fazer um design mais “caprichado” para os convites de casamento.

Serviço de catering para casamentos. Os restaurantes já estão em funcionamento, mas com uma capacidade limitada e sem buffets, para bem da segurança de todos. Se o seu catering de casamento consistia num buffer – ou, pelo menos, se incluía um buffet de entradas e sobremesas – terá de desistir dessa ideia e encontrar um menu fixo para toda a refeição. 

As flores e o ramo de casamento. Aqui, tudo depende do seu novo plano. Um caminho de flores até ao altar não faz tanto sentido se fizer um cerimónia mais pequena só em casal, por exemplo. As flores que escolheu para o ramo também podem mudar se passar o casamento da Primavera para o Inverno, especialmente se fizer questão de usar flores silvestres. Procure uma florista para casamentos para saber que tipo de arranjos poderá fazer na nova data. 

Apesar de ter de fazer alterações ao seu plano, há muitas coisas que podem ficar igual. O fotógrafo de casamento, o bolo e a decoração só precisam de mudar de data. 

Preparação mental para um casamento

A preparação mental para um casamento em 2020 é algo muito diferente daquilo por que passaram a maior parte dos nossos pais e avós. Nos dias que correm, a maior parte dos casais já vive na mesma casa antes de casar, já tem uma conta bancária em comum, já falaram de crianças, e, por último mas não menos importante, já discutiram em profundidade o casamento. 

Se há umas décadas atrás, quando a questão religiosa era mais determinante, as pessoas namoravam uma ou duas vezes antes de conhecer “aquele/a com que iam ficar para o resto da vida”, hoje em dia o número médio de namoros não cabem numa só mão. Para chegar à fase de casamento, o seu parceiro ou parceira passou por uma corrida de obstáculo em que fez frente a vários concorrentes e venceu.

Tudo isto para dizer que, em princípio, a questão da compatibilidade já foi apurada e você já sabe que o casamento tem pés para andar. Por outras palavras, não há aqui surpresas para ninguém! O século XXI é pragmático e que ninguém se esqueça disso!

No entanto, isto não significa que não haja uma preparação mental importante. As frases “sou casada/o”, “este é o meu marido” ou “esta é a minha esposa” ainda têm muito peso e influência na sociedade. Estas frases mudam a forma como a sociedade vê as pessoas e também a forma como as pessoas se vêem a elas próprias. 

A pessoa que escolhe para casar acaba por ser uma reflexão da pessoa que é, dos seus próprios valores e interesses. Por isso, antes de se casar, questione profundamente se a pessoa que está a escolher para chamar “marido” ou “esposa” é alguém de quem se orgulha e que reflete os seus valores. A partir do momento em que disser “sim” ou assinar o seu nome, serão uma unidade e terá de passar a dizer “nós” em vez de “eu”. Está preparado/a para tal?

A importância de marcar fotógrafo com antecedência

Chegou o grande dia! Está tudo a postos para o seu casamento… o vestido, a tiara, a decoração da quinta, o bolo de noiva. É um dos dias mais felizes da vossa vida e tudo corre como planeado! Que bom será rever as fotos e os vídeos anos mais tarde, já com os filhos e com os netos. Só que, para cumprir essa fantasia, tem de contratar um fotógrafo profissional com alguma antecedência. Caso contrário, arrisca-se a ficar apenas com fotos desfocadas, noivos descentrados e muitos, muitos pormenores por captar.

Datas Concorridas 

É sabido que a Primavera e o Verão são as épocas que a maioria dos casais escolhe para o seu grande dia. Os dias são mais longos, o tempo é mais convidativo e, geralmente, é mais fácil reunir a família que vem dos quatro cantos do Mundo. Depois há alguns dias – que coincidem com a festa de Sto. António a 13 de Junho – que serão sempre muito procurados por quem celebra um casamento religioso. A maioria das quintas, serviços de catering, DJs e fotógrafos têm trabalhos marcados para estas datas com meses de antecedência. Por isso, se vocês também estão a pensar casar nesta altura, é melhor apressarem-se a procurar um fotógrafo profissional.

Conhecer o fotógrafo

O trabalho do fotógrafo exige mais à-vontade com o casal do que, digamos, o catering. O fotógrafo tem a responsabilidade de captar os primeiros momentos do casal depois da cerimónia e de fazer com que esse romantismo trespasse para a lente. Por isso é recomendável conhecer o fotógrafo algum tempo antes do grande dia e, talvez, até fazer uma sessão de fotos pré-casamento. Isto permite-vos não só conhecer o trabalho do fotógrafo e perceber se é o profissional indicado para vocês, como também estar mais relaxados para as fotos na hora certa. 

Se não sabem por onde começar, façam o que o instinto já vos deve estar a dizer: procurem online. Cliquem aqui se estiverem à procura de fotógrafos em Lisboa ou fotógrafos no Porto para obterem um orçamento gratuito! 

Os melhores sítios para casar na Catalunha

Casar no estrangeiro é uma fantasia que muitos casais gostariam de cumprir. E, pelo menos na Europa, as questões legais ficam tão simplificadas que não é difícil viajar e realizar esse sonho. O problema é convencer todos os seus familiares e amigos a viajar – por isso, tem de planear muito bem o destino.

Casar no estrangeiro

Para quem vive em Portugal, um destino a ter sempre em consideração é Espanha. É perto, há dezenas de voos diários, a viagem é curta e não há tempo para jet-lag. Dependendo da hora da cerimónia, alguns dos seus amigos até podem conseguir ir e vir no mesmo dia. Afinal de contas, viajar de Lisboa a Madrid de avião pode sair mais barato do que uma viagem de comboio entre Porto e Lisboa – e demora menos.

Ainda assim, não é em Madrid que nos vamos focar hoje. Mas sim em Barcelona, a segunda maior cidade do país vizinho, e na região da Catalunha. Enquanto Madrid fica no centro da Península, numa zona árida e pouco verdejante, a Catalunha ergue-se à beira-mar, próxima de praias cristalinas banhadas pelo Mediterrâneo. A temperatura é amena durante todo o ano, o que significa que pode marcar o seu destination wedding em qualquer época.

Barcelona, essa dispensa apresentações. A arquitectura modernista, os meandros do bairro Gotic, o cheiro a novo mundo da Barceloneta, a vida nocturna imparável. Já imaginou como seria a sua despedida de solteira em Barcelona? Este seria um destino muito interessante desse ponto de vista também.

Não muito longe de Barcelona, encontramos algumas das quintas mais deslumbrantes da Catalunha. Vejam algumas fotos das melhores quintas e sítios para organizar o seu casamento na Catalunha. Todas são relativamente próximas do aeroporto, facilmente acessíveis e, mais importante, dignos de um conto de fadas!

Picture

El Paratge
Picture

Palacete Heretat Sabartés
Picture

Mas de Sant Lleí
Picture

El Banquet de Premià
Picture

Sant Père de Clara
Picture

Castillo de Vilassar de Dalt

Perguntas Frequentes sobre o Serviço de Catering para Casamentos! (FAQ)

Se está em preparativos para o casamento, é normal que tenha 1001 perguntas sobre TUDO! Um dos maiores quebra-cabeças é sem dúvida o serviço de catering. É por isso que recolhi algumas das perguntas mais comuns e, unindo a minha experiência a pesquisas que fiz, cheguei a este conjunto de respostas. Espero que a ajude a ter uma melhor ideia sobre o que esperar quando estiver à procura de um serviço de catering em Lisboa!

Quanto custa o serviço de catering nos Casamentos?

Se vai realizar o seu casamento em Lisboa, pode esperar um valor/pessoa entre 50€ e 90€, sem IVA. Com 50€, obtém o essencial que será certamente satisfatório. Aos 70€, já terá um menu marcante e aos 80€ é de esperar alguns luxos ou pratos mais requintados. Os 90€ estão reservados para pratos e serviços distintos e muito sofisticados.

Com algumas empresas de catering, crianças até 3 ou 5 anos não pagam e crianças até 10 podem pagar metade. Escolha bem!

O que pode vir a incluir um serviço de catering nos casamentos?

O normal no serviço de catering de um casamento é o seguinte e por essa ordem: Cocktail de recepção, sopa, prato de carne, prato de peixe, sobremesa. Inclui ainda bebidas à descrição, café, mesa de doces, mesa de frios, mesa de queijos, mesa de Marisco, mesa de frutas, mesa de salada, Bolo de noiva servido com Espumante.

Alguns locais também oferecem o fogo de artifício e é normal que o bar nunca encerre!

Quando devo reservar a empresa de catering para o casamento?

No mínimo 6 meses antes do casamento. Sugiro que marque o serviço de catering na mesma altura em que reserva o local para o copo de água. Muitas vezes, o local de realização da festa também fornece o catering, como é o caso das quintas. Esta é uma excelente solução que lhe garante alguma paz de espírito, pois é um 2-em-1 com baixa probabilidade de correr mal!

 

Vou construir uma casa: preciso de demarcar terreno

 

Construir uma casa pode ser um processo frustrante – isto porque, até que tenha a sua casa pronta, podem passar-se anos. Antes de começar a construir ou a projectar o que quer que seja, ainda precisa de encontrar o terreno, demarcar o terreno e conseguir todas as licenças de construção da Câmara Municipal. Hoje vamos focar-nos na demarcação e como os topógrafos em Coimbra podem ajudá-lo.

Para que serve a topografia?

Quando se trata de construção civil, o principal objectivo da topografia é medir a área e o perímetro do terreno, assim como os volumes. Como se trata de uma cidade com relevo acidentado, os topógrafos em Coimbra também medem a cota, as variações no terreno e outras particularidades que possam afectar a construção do prédio ou da moradia. Depois, estas informações são convertidas em cartas topográficas. Hoje em dia, podem ser apresentados em 2D ou 3D.

Como demarcar um terreno?

Se precisa de dividir um terreno, há várias formas para o fazer no registo predial. A primeira opção é fazer um destaque (dividir o terreno em dois). No entanto, deve ter em atenção que isto só se pode fazer de 10 em 10 anos, o que significa que se o terreno foi dividido há menos tempo… terá que esperar. Já dividir o terreno em mais parcelas (ou seja, fazer um loteamento), pode fazer-se a qualquer altura, mas acarreta os encargos com as infra-estruturas (estradas, ramais de luz e de telecomunicações, etc).

Portanto, também aqui um topógrafo o pode ajudar. Os topógrafos conseguem determinar as infra-estruturas que existem na área e a que distância, bem como medir e projectar onde terá que intervir em cada lote. No entanto, também pode acordar na escritura que o terreno deve ser entregue vedado, o que significa que o levantamento planimétrico fica a cargo do proprietário original.

Caso procure topógrafos em Coimbra, sugerimos que comece por procurar online. Na Fixando obtém até 5 orçamentos gratuitamente em pouco tempo. Depois, é só analisar o perfil de cada profissional, o orçamento e as críticas de clientes anteriores para decidir qual é o mais indicado para si. Com as plataformas de contratação de serviços construir uma casa é muito mais simples (e económico!).

Naked Cakes que vai querer no seu casamento!

O bolo de noiva é uma das coisas mais importantes que tem para discutir com as empresas de catering. Este ano, os naked cakes não podiam estar mais na moda, mas nem todos são iguais. Isto porque, na realidade, não estão “nus”! Bem pelo contrário: os naked cakes distinguem-se pela sua decoração, e estes naked cakes são uma verdadeira perdição. Não acredita? Tente resistir!

naked cake 1

Naked Cake de Brigadeiros

Um bolo de noiva é bom. Brigadeiro é ainda melhor. O que pode correr mal aqui? Rigorosamente nada. O naked de cake de brigadeiros é uma das últimas tendências entre as empresas de catering de festas em Lisboa e há bons motivos para isso. Mas não pense que fica por aqui… ainda tem que escolher entre o bolo de chocolate negro, com brigadeiros de chocolate branco ou até brigadeiros de coco. Não há limites para imaginação!

naked cake 2

Naked Cake com Flores do Campo

As flores do campo, como as gipsofilas, são uma das grandes tendências na decoração de casamentos. Dão automaticamente um ar romântico à cerimónia, são económicas e ideais para criar um ambiente harmonioso e de contacto com a natureza. Mas como a mesa de sobremesas deve combinar com toda a sala, porque não escolher um naked cake decorado com flores de campo? Algumas empresas de catering de festas sugerem outro flores comestíveis – também vale a pena provar!

naked cake 3

Naked Cake com Merengue e Frutas Vermelhas

Finalmente, temos um naked cake clássico decorado com merengue (neste caso, merengue de limão) e decorado com frutas. Há muitas possibilidades, mas talvez os mais bonitos sejam os decorados com frutas vermelhas (morango, framboesa, etc), pois o vermelho chama muito à atenção e fotografa maravilhosamente! Procure empresas de catering em Lisboa e peça para provar todas as opções de bolo de noiva que têm.

Fotografias aéreas para casamento

Embora não pareça, falta pouco mais de um mês para entrarmos na Primavera, e pouco mais de mês e meio para chegar a Páscoa! Esta altura do ano é marcada pelas primeiras árvores em flor, e há bastantes noivas que aproveitam para celebrar os seus casamentos nesta época. Se é o seu caso, esperamos que já se esteja a aproximar dos últimos preparativos, como o estilo de fotografia  de evento que quer para o seu casamento!

Na minha opinião, as fotografias aéreas são a forma mais acertada de filmar a envolvente do seu casamento. Se vai casar em algum dos grandes jardins do Porto, ou se o lugar em que vai celebrar a cerimónia tem uma área deslumbrante à volta, então diria mesmo que as fotografias aéreas são indispensáveis. É simplesmente mágico!

Infelizmente, ainda nem todos os fotógrafos de eventos disponibilizam a possibilidade de filmar o seu casamento (também) desde os céus, pois isto implica ter um drone. No entanto, são cada vez mais as equipas de filmagem e de estúdios de fotografia que põem esta opção à disposição das jovens noivas portuenses.

Este estilo de filmagem com várias perspectivas enquadra-se perfeitamente num estilo mais realista, como a “fotoreportagem” do casamento. No entanto, dependendo do tipo de efeitos que o fotógrafo de eventos aplicar na pós-produção, o resultado final pode ser bastante mais sonhador. Fale com vários profissionais sobre as suas expectativas e tente perceber até que ponto são concretizáveis.
Depois, deve seguir a mesma política que seguiu ao escolher todos os outros profissionais do seu casamento: escolha aquele com quem sentir mais empatia, e que acredita conseguir realizar exactamente aquilo que imaginou. Uma boa forma de entrar em contacto com diversos fotógrafos de eventos no Porto é pesquisar na Internet. Analise as opções existentes e decida qual lhe apresenta a melhor relação qualidade-preço.

Como escolher as bebidas para o casamento

Depois de decidir o menu, é hora pensar nas bebidas que quer servir no seu casamento. Quais são as bebidas que combinam melhor com a refeição que escolheu? Quais as quantidades adequadas para que seja suficiente para todos os seus convidados? As empresas de catering de eventos já costumam ter experiência nestes cálculos, por isso deve prestar atenção aos seus conselhos… mas, por enquanto, aqui ficam alguns:

Escolha sempre algumas bebidas sem álcool. Isto parece ser óbvio, mas é muito frequente as pessoas que não bebem álcool e as crianças terem pouco mais do que uma opção – água. Pense nestes convidados antecipadamente e peça à empresa de catering uma selecção de sumos ou chás frios.

Escolha uma bebida para os aperitivos e outra para cada prato. Durante os aperitivos, é costume servir bebidas frias, como um vinho verde ou um vinho rosé. Já para os pratos principais, escolha pelo menos um vinho tinto (normalmente para acompanhar o prato de carne) e um vinho branco (para o prato de peixe). Tenha em consideração os conselhos da empresa de catering, pois saberá melhor do que ninguém o que combina com cada prato.

Se vai casar no Verão, não se deixe ficar pelos vinhos. Nos dias quentes de Verão, muitos convidados podem preferir outro tipo de bebidas frescas, como a cerveja ou a sidra, ao vinho. Pense bem no gosto dos seus familiares ou amigos!

No Inverno, não deixe de fora as bebidas brancas. No Inverno, o paradigma muda de figura: em vez das bebidas frescas, dá-se preferência às bebidas brancas, como o whisky e a vodka, que “aquecem”. No entanto, e independentemente da época do ano, é costume ter estas bebidas no bar aberto da festa. Discuta com a empresa de catering os custos associados.

Para o bolo de noiva, champanhe ou espumante. Quando se corta o bolo de noiva, a tradição manda abrir também uma garrafa de champanhe ou de espumante. Tenha pelo menos uma flute de champanhe para cada convidado!

Se está à procura de uma empresa de catering de eventos, procure online. Para procurar empresas de catering na Margem Sul, lembre-se que deve procurar na zona de Setúbal, o distrito correspondente. Agora, um brinde aos noivos!

Casamento no Inverno: é possível?!

Vamos lá acabar com a sazonalidade dos casamentos! Essa ideia de que um casamento só é maravilhoso no verão ou na  primavera é antiquada. Vou-vos provar que é possível casar em dias chuvosos ou frios, com trovões ou nevoeiro… Mas para que tudo corra pelo melhor, é necessário ter em conta os 3 aspectos mais importantes no casamento!

 
wedding rain

 

Distância da Igreja ao Copo de Água

É relativamente comum ter de deslocar a comitiva completa do casamento da igreja para o local do copo de água em dezenas de automóveis. No entanto, se está a planear um casamento de inverno, faça questão de diminuir esta distância. No Inverno o tempo é imprevisível e não queremos que umas rajadas de vento ou uma chuvada intensa atrasem parte dos convidados ou reduzam a visibilidade para os restantes carros. Assim evita o pior!

 

Fotografia e vídeo

Os álbuns de fotografia e os DVDs são memórias que ficarão para a vida e por isso é natural que os noivos depositem muita importância. Sendo que nada na fotografia é mais importante do que ter muita luz, é importante discutir com o seu fotógrafo de casamento se este tem o equipamento adequado para fotografar com qualidade em condições de baixa luminosidade.

 

Copo de Água

Para não ter uma tempestade num copo de água – literalmente – procure casas, salas ou quintas com um grande espaço interior ou em que seja possível instalar toldos. Assim garante que o jantar, o bolo, a zona de entretenimento para as crianças e a pista de dança estão bem resguardados.

 

Decoração 

Uma decoração de casamento bem conseguida é especialmente importante no inverno, pois é necessário decorar com cores alegres e acrescentar apontamentos aconchegantes (evitar o branco, a decoração industrial…) para contrabalançar o tempo escuro e possivelmente agreste.

 

Contacte decoradores de casamento e pergunte-lhes que tácticas usam para decorar casamentos memoráveis no inverno!