O que é um vídeo motiongraphics?

O termo video motiongraphics é muitas vezes usado para descrever técnicas de storytelling digitais que combinam animação, grafismos animados, fotografia, vídeo, 3D, tipografia, efeitos sonoros e narração. Porque é que as marcas e as empresas de produção de vídeo precisam de juntar estes elementos todos para contar uma história à audiência?

É flexível porque assim o vídeo torna-se mais flexível. Qualquer ideia que seja de difícil execução com filme é possível animar. Com o motion graphics por dar rédeas à imaginação porque, com um bom animador, qualquer conceito ou ideia complexa é possível.

Entretem: estes elementos tornam o vídeo mais colorido, informativo e dinâmico. Se precisa de falar de estatísticas e outros números, não os diga: mostre-os! E que melhor forma tem de os apresentar do que através de infográficos ou grafismos animados? E quem fala de número, fala de qualquer informação importante mas que pode resultar em distrações. Qualquer tema, por mais enfadonho que possa parecer, pode ser animado de forma muito dinâmica e envolvente.

É popular: os motion graphics são tendência actualmente e foram-se popularizando nas plataformas de vídeo como o Youtube e o Vimeo e, mais recentemente, no Facebook. Porque são flexíveis e dependem apenas das imaginações dos criativos e dos animadores, também costuma ser bons candidatos a tornarem-se virais!

As empresas que se focam no conteúdo para criar interação com a sua audiência pelas redes sociais ou no seu website têm a noção de que é cada vez mais difícil chegar às pessoas. Tal como elas, existem milhares de empresas online a competir para ter atenção das mesmas pessoas, e isto resulta num bombardeamento regular de mensagens promocionais. Já não basta criar uma imagem mediana, nem um vídeo típico. É necessário criar conteúdo que se destaque no meio do barulho para que a mensagem chegue ao receptor. Os vídeos motiongraphics, devida à sua popularidade, flexibilidade e nível de entretenimento, são uma das melhores escolhas para as empresas que se querem destacar.

Balões na decoração de festas: um novo faux-pas?

pexels-photo-221361.jpeg

Os balões são um clássico da decoração de festas, mas há cada vez menos empresas de decoração de eventos em Aveiro a usá-los. Será que os balões simplesmente saíram de moda ou tornaram-se no novo faux-pas da decoração de eventos?

Os balões são poluentes?

Como decoradora de eventos, tento manter-me sempre a par das tendências nacionais e internacionais na decoração de eventos. Ultimamente tenho notado que há cada vez mais festas sem balões, apesar de serem um dos maiores clássicos na decoração de festas. Que empresa de decoração de eventos se atreveria a organizar uma festa infantil sem balões, por exemplo? Quem nunca esteve numa festa em que os balões desenhavam os nomes dos anfitriões ou a idade do aniversariante?

A resposta correcta seria “uma empresa preocupada com o meio ambiente”. Depois da ciência ter chumbado o uso de purpurinas, agora está a apontar o dedo para os balões. Os balões são feitos de diversos tipos de plástico e todos eles são nocivos para o meio ambiente. O pior? Raramente os reutilizamos (ao contrário do que acontece com o plástico das embalagens, por exemplo) ou nos lembramos que os reciclar. Por isso, é natural que vejamos cada vez menos balões usados por decoradores de festas em Lisboa e no resto do país.

Decoração de festas Infantis, a excepção

Porém, haverá algo mais por detrás desta “fall from grace” dos balões? Talvez. A verdade é que o uso de balões tem vindo a decrescer e hoje em dia as empresas de decoração de eventos quase só usam balões na decoração de festas infantis. Especialmente balões de hélio – que sobem sempre e não ficam ao alcance de qualquer um, o que nos poupa de passar o dia inteiro a ouvir balões a rebentar. Depois há os balões personalizados, com nomes e idades, que muitos clientes continuam a pedir. Mas os balões a decorar o portão da casa, esses são coisa do passado.

Portanto, se estão a pensar fazer um eco wedding, livrem-se de “estragar” o casamento com uma largada de balões!

Sugestão de Ementa Vegetariana para Casamentos

Quer esteja à procura de uma ementa totalmente vegetariana para o seu casamento, quer esteja somente à procura de satisfazer os seus convidados vegetarianos, não é fácil encontrar referentes ou empresas de catering para casamento capazes de oferecer propostas vegetarianas irrecusáveis.

 

Chickpeas Hummus Meal Grains Seeds Paste

Entradas vegetarianas: bola vegan, tapenade de azeitonas, hummus, pasta de grão de bico, babaganoush,  folhados de legumes, chamuças de soja e saladas.

Todos os casamentos costumam ter um amplo leque de entradas, e os casamentos vegetarianos não poderiam ser excepção. Em vez dos tradicionais patés sugeridos pelas empresas de catering, prefira um tapenade, hummus, pasta de grão de bico ou babaganoush (pasta de beringela). Os canapés habituais dão lugar aos folhados de legumes, às chamuças de soja e à bola vegan ou de azeitonas. Pode servir também saladas frias, como “carpaccio” de beterraba ou coleslaw com amendoim e ananás.

IMG_6410

Prato Principal vegetariano: assado de seitan com batata, castanhas e legumes; polenta com ragu de cogumelos selvagens

Os assados são pratos deliciosos e que dificilmente o deixarão ficar mal. Por isso, o assado de seitan continua a ser um dos preferidos para o menu de Natal e, claro, para o catering de eventos. No caso de querer oferecer uma opção sem soja, opte por uma polenta com ragu de cogumelos selvagens. Qualquer uma destas sugestões não contém nem glúten, nem lactose: portanto, são seguras para todos os convidados!

bolo casamento vegetariano

Sobremesa vegetariana: frutas grelhadas com sorvete, mousse manga com frutos secos e granola, bolo de noiva de alfarroba

Para que as sobremesas sejam vegan, tem que evitar os ovos: o que nem sempre é fácil! Uma forma de contornar esta “dificuldade” e oferecer um menu saudável é escolher frutas grelhadas (como o abacaxi, o pêssego e mesmo os figos) com um sorvete refrescante de manga ou de framboesa. A mousse de manga pode ser preparada apenas com polpa de manga e gelatina, e é uma sobremesa ideal para casamentos de Primavera/ Verão.

Já para o grande bolo de noiva, não lhe vamos mentir: nem todos os pasteleiros aceitam o desafio de fazer um bolo vegan. Mas, pouco a pouco, este nicho começa a crescer. O nosso preferido é o bolo de noiva de alfarroba, que também serve como uma alternativa ao chocolate (uma vez que o chocolate de culinária vegan fidedigno não é fácil de encontrar). O sabor é distintivo mas fica muito saboroso e pode ser coberto com um creme à base de soja ou de frutos de vermelhos.

 

Está à procura de uma empresa de catering para o seu casamento? Pesquise por empresas de catering em Setúbal, Lisboa, Porto e um pouco por todo o país. Experimente pedir uma proposta, demora apenas um minuto!

3 dicas para encontrar o decorador de eventos ideal para si

Encontrar um decorador de eventos a quem possa confiar uma festa importante para si é uma tarefa que gera muitas dúvidas. Esteja preparado para perder algum tempo a procurar a pessoal ideal e siga estas 3 dicas para encontrar decoradores de eventos que sejam capazes de concretizar o que tem em mente.

Pergunte se já organizaram um evento do género.

Há decoradores de eventos com imensa experiência que nunca decoraram uma festa para crianças ou uma festa de bodas de ouro. Muitos decoradores de casamentos nunca fizeram um casamento na praia ou num monumento nacional: a experiência de todos os decoradores de festas depende das oportunidades que vão surgindo.

Mas é importante haver uma transparência neste sentido, para que perceba qual é a experiência real do profissional em eventos do género do que quer organizar. Não que a falta de experiência deva ser um impedimento: se confia no talento natural de um decorador e o seu instinto lhe diz para ir em frente, vá.

Peça, analise e avalie o portefólio.

Portefólio, portefólio, portefólio. Quando está a confiar a decoradores de festa um evento importante, não se coíba de pedir o seu portefólio. É importante saber que tipo de festas decoraram anteriormente, quais os estilos de decoração que costumam adoptar e como correu o evento.

Além de pedir e analisar o portefólio, vale a pena pedir referências de antigos clientes. Eles poder-lhe-ão dizer se foi agradável trabalhar com o profissional, se estava aberto a sugestões e se agilizou todos os pedidos da melhor forma. Se não existir a possibilidade de pedir referências, procure críticas de trabalhos anteriores online.

Perceba qual é o estilo de decoração/ cores.

Embora os decoradores de eventos saibam adaptar-se ao que é pedido, os seus gostos pessoais acabam sempre por transparecer – ainda que subtilmente. Ao analisar o portefólio e ao longo das conversas com o profissional, tente perceber qual é o seu estilo de decoração favorito e as cores com que mais trabalha. Se coincidirem com as suas, provavelmente é uma boa aposta!